Ôh Deus, seu despudorado!!

lennon(1)

Por Prem Milan

Como, meu senhor? De que maneira você criou os seres desnudos? Não poderíamos ter vindo ao mundo pelo menos de calcinha e de cueca? Assim, não seria um choque para o coitado do doutor e as tão dedicadas enfermeiras verem pênis e vaginas, aquelas coisas horrorosas, no momento do nascimento de uma criatura. Este foi um erro gravíssimo que o Senhor praticou na criação! Cá na terra, conseguimos corrigir com muito custo, viu! Foi preciso aulas e mais aulas, xingões e repressões, mas a gente conseguiu controlar este perigo iminente!

Ora, essa questão tem que começar a ser tratada assim, porque é muito absurdo. É algo além do ridículo. Pior é que estes defensores dos pudores não tratam apenas de moralidade. Tratam da destruição da inocente sexualidade infantil, início de todas as nossas dificuldades sexuais, das nossas incapacidades de conectar sexo ao coração. Por isso, muitos são péssimos na cama quando amam alguém, mas com as prostitutas eles se soltam… Ninguém fala a verdade sobre sexo porque aos cinco anos de idade já nos colocam que sexo é sujo e feio. Ou você acha que a falta de tesão, os homens que broxam, as mulheres que não conseguem ter orgasmo e a ejaculação precoce vieram pelo Facebook? Que alguém deve ter mandado um vírus via internet? Não! Começa em nossa educação, em casa, na escola… Com os padres, os guardiões oficiais do pudor, que depois são descobertos pedófilos.

Na sede do Namastê, em Porto Alegre, colocamos um banner com uma foto de John Lennon e sua amada, Yoko Ono, nus. Uma foto de 1968 de Annie Leibovitz. Uma imagem com duas pessoas extremamente inocentes, que vem acompanhada de uma frase genial: Vivemos num mundo onde precisamos nos esconder para fazer amor, enquanto a violência é praticada em plena luz do dia.” E por causa disso parece que a Associação dos Moradores da Cidade Baixa, bairro em que fica a sede do Namastê, quer processar o centro por atentado ao pudor. Pergunto a vocês, senhoras e senhores, se vão processar a Calvin Klein por insinuações sexuais nas suas propagandas, tanto de homens como de mulheres. Insinuações essas que vinculam sexualidade com mercadoria, onde o corpo vale só como objeto. Isto os seus filhos podem ver. Vocês permitem e acham lindo. Eles podem ver bundinhas arrebitadas, linkando a sexualidade com um lado distorcido. Isso pode?

Olhem o mar de propagandas espalhadas por aí que exploram a sexualidade da maneira mais violenta… Se elas estimulassem a sexualidade em que os valores são vinculados ao coração, pode ter certeza que eu seria a favor! Agora, preocupar-se com John e Yoko nus é de última porque a foto acima não dá tesão, ela toca o coração com sua natural inocência.

Pergunto aos defensores do pudor de todo o planeta: vocês não querem processar o Vaticano por ser uma das maiores fontes de pedófilos do mundo? A pedofilia parece estar autorizada enquanto a sexualidade limpa, clara e honesta incomoda. Pornografia? Ahh, isso tem aos montes na internet… Ninguém dá bola! Ninguém fica escandalizado! Pelo contrário, frequenta. Sabe o que eu via nos meus tempos de cabaré? Os cidadãos mais pudicos da minha cidade lá dentro. Estive na Espanha recentemente. Nas praias, as pessoas estão nuas. E não só em praias de nudismo. As pessoas simplesmente chegam na praia, se pelam e ninguém reclama.

O que vincula as questões reais da vida, bota o dedo na ferida” e escancara as dificuldades sexuais dos seres humanos é proibido! Sim, nós colocamos o dedo na ferida! Fazemos isso para que possamos curá-la. Na real, a frustração sexual está nos destruindo! Está nos afastando um do outro. A frustração está nos roubando a alegria, a diversão! Sexo é uma brincadeira da qual precisamos muito. Mas parece que hoje, brincadeiras são só os “playgrounds”, as lojas dos shoppings, os “megazones” da vida. Um mundo cinza, triste, pobre, contra o amor. Aos meus filhos, eu penduro uma foto de Lennon e Yoko nus. Porque eles sempre viram a mim e à mãe deles pelados! Eu não vergonha do meu corpo, eu não tenho vergonha do meu sexo e eu gosto de sexo! Estes defensores do pudor é que deveriam ser processados por assassinarem uma energia de alegria e de amor que DEUS CRIOU! O Todo Poderoso criou. Foi ele quem inventou esse tal de tesão, não fui eu!! E se tem uma coisa pela qual sou grato a ti, CRIADOR, é ter inventado o tesão. E ainda ter permitido sua conexão com o amor!

Tenho certeza que grande parte dos apaixonados pelo pudor e pelo moralismo besta sonham ver suas filhas nas passarelas ganhando grandes fortunas. Agora, por que as modelos ganham fortunas? Por causa dos seus corpos! Que estimulam o quê? A compaixão?! A amizade?! Pensem… Vale lembrar que boa parte das mulheres muito ligadas à estética são ruins de cama. Justamente por estarem sempre preocupadas com seus corpos, o que deixa a energia plástica, morta, morna, sem vibração… Essas gostosonas de plantão e cia só são boas para masturbação, porque na cama devem ser uma tragédia! Os pudores são ridículos. Em 2014? Que absurdo! Então CRIADOR, te peço mais um favor:

Meu amigo, volte logo,

venha ensinar meu povo,

que amor é importante,

vem dizer tudo de novo!”

lá lalaralá láaaaaa!

4 comentários sobre “Ôh Deus, seu despudorado!!

  1. Fiquei indignada quando soube da posição da associação dos moradores da Cidade Baixa de que o banner do Namaste era atentado ao pudor e digo sinceramente que ao ler esse texto fiquei profundamente tocada e emocionada.Me indigno porque há alguns anos atrás as pessoas teriam vergonha de se posicionar desta forma publicamente. Por isso fico com a parte do texto que diz:
    Olhem o mar de propagandas espalhadas por aí que exploram a sexualidade da maneira mais violenta… Se elas estimulassem a sexualidade em que os valores são vinculados ao coração, pode ter certeza que eu seria a favor! Agora, preocupar-se com John e Yoko nus é de última porque a foto acima não dá tesão, ela toca o coração com sua natural inocência.

  2. Muito bom, profundo e esclarecedor o texto. A sociedade é muito falsa. Os valores são capitalistas, moralistas, culto a beleza a todo custo do corpo. Crianças e jovens inocentes já taxados de “bixa” devido ao seu estilo de ser e de se vestir. Uma tal de religião preconceituosa, onde aponta tudo como sendo pecado. O natural virou sobrenatural. O belo (corpo), de repente virou feio. Que planetinha bem difícil de se viver. Falta o tal do bom senso e da leveza do ser.

  3. Nasce Selvagem
    Delfins

    Mais do que a um país
    que a uma família ou geração
    Mais do que a uma passado
    Que a uma história ou tradição
    Tu pertences a ti
    Não és de ninguém
    Mais do que a um patrão
    A uma rotina ou profissão
    Mais do que a um partido
    que a uma equipa ou religião
    Tu pertences a ti
    Não és de ninguém

    Vive selvagem
    E para ti serás alguém
    Nesta viagem

    Quando alguém nasce
    Nasce selvagem
    Não é de ninguém

    Quando alguém nasce
    Nasce selvagem
    Não é de ninguém
    De ninguém

  4. Gente, moro na cidade baixa, achei o banner lindo, e tenho uma foto da minha filha de um ano olhando pra ele, porque eh lindo, e natural e puro.
    Queria saber quem sao esses vizinhos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s