2017 com muito tesão, muito orgasmo e muito amor. Quer saber como conseguir isso?

contra capa.jpg

O primeiro passo para tudo isso é compreender que você é uma pessoa capaz, que você veio para esse mundo com essa capacidade. Podendo transar muito, podendo amar muito, podendo viver muito, mas muito cheio de energia. A família que te recebeu, a sociedade que te recebeu é que não estavam preparadas para isso. Nossa sociedade não está preparada para o amor, para o sexo, para a alegria. Nossa sociedade está preparada para sofrer, sentir falta, não se realizar. A única coisa que a sociedade está preparada é para criar ilusões. Uma fantasia de que algum dia vai acontecer aquilo que nunca acontece. Olha, a vida está aí. Todo esse potencial imenso, de tesão, de amor, de energia, que você tem desde que nasceu está bloqueado dentro do seu corpo. Está bloqueado pelos preconceitos, pelos medos que nos colocaram, pela inoperância que nos ensinaram. O tempo inteiro nós achamos que não somos capazes de nada, que nós não conseguimos nada. Então a gente nem tenta. A gente nem se arrisca. Tudo faz parecer que estamos fadados ao não dar, ao não posso, ao não consigo. Isso é uma baita mentira, porque esse é o sistema ao qual a sociedade e nossos pais nos controlam. Porque eles são frustrados nas suas vidas e eles não podem conceber que alguém não seja frustrado e eles nunca vão reconhecer que são frustrados, mas você sabe. Você olha para eles e sabe que são frustrados. Você tem absoluta certeza. Só que isso não pode ser discutido, isso não pode ser falado. Você percebe os sintomas da doença. A falta de contato, de carinho, de alegria, mas você não percebe que você está ficando assim também.

A sexualidade junto com o amor é a nossa possibilidade de romper com esse padrão. Porque a sexualidade é a maior fonte de prazer que nós temos. A maior fonte de alegria. É a maior meu! Nada é comparável a isso. E quando chega no coração é uma expansão absurda. Começa a dar uma profundidade, um sentido para vida. Você deixa de ser um robô. Agora, você não busca isso, porque você não acredita que você é capaz disso. Você está ainda com a coisa de que não dá, não consigo. Então você esconde de você mesmo as suas vontades, os seus desejos. Você se acostumou a desejar pequeno. Você se acostumou a sobreviver com migalhas emocionais, e na sua referência você acha que migalha é muito. Se uma mulher ou um homem te dá atenção é o suficiente. Mas isso não é o suficiente, não é! Você merece um grande amor, uma grande aventura. Você não está aqui nesse planeta apenas para sobreviver, ter um pouquinho. Agora, para você ter isso, você tem que mexer seu rabo. Não é clicando na internet e se masturbando com pornografia internáutica ou fazendo cara bonita no Facebook curtindo um monte de bobagem, tendo 10.000 amigos. Grande bosta! 10.000 que não vale por um, porque não tem contato humano, não tem calor. Aquele cara tem 100.000 seguidores, e daí? 100.000 inúteis que só sabem apertar um dedo. Você tem que buscar muito mais nessa vida. Você tem que resgatar seu corpo, você tem que quebrar com toda essa craca que foi a sua infância porque nossa infância foi uma craca. Um monte de proibições, um monte de nãos, um monte de televisão, de lixo televisivo na nossa cabeça. Você acha que com esse lixo televisivo você vai conseguir amar alguém profundamente? O sexo e o amor não são consumidos em lixeira.

O sexo e o amor são a fonte do nosso nascimento. Você vai ter que querer entrar para dentro de você e expressar todos esses “nãos” que teve que engolir. Expressar toda a raiva que você sentia quando era limitado a um espaço pequeno e restrito. Vai ter que chorar toda a dor da carência da ausência do seu pai e da sua mãe. Chorar a dor dos abraços, dos carinhos que você não teve e isso vai descongelar seu ser. Apenas assim 2017 vai ter muito tesão e muito amor. Agora, se você quer esperar papai noel, hahaha… vai no Magazine Luíza ou em qualquer shopping por aí que o papai noel vai te abençoar. Está na hora de você ver que você é um adulto. Está na hora de começar a agir como adulto. Sabe o que eu te desejo para 2017? Que você vire novamente uma pessoa, que você se torne um ser humano. Sai dessa caixinha limitada que você foi colocado. A sua vida não pode ser essa maldita tela que está aí na sua frente. Isso é a própria ausência de vida, é a própria falta de vida. Aqui, nós somos capazes. Nós estamos buscando nossas vidas e eu sei que você fica incomodado quando vê que alguém está buscando porque você faz o possível para aguentar viver com um aposentado, mas a vida está ali na sua frente, depende apenas que você entre nela. Você vai construir um 2017 diferente. Não é um desejo. Dê os passos e deixe de ser idiota. Sua vida vale muito a pena. O primeiro passo que você pode fazer em 2017 é vir aqui para o Namastê fazer a Escola de Meditação. Em 1 mês você vai notar uma boa diferença na sua vida.

Anúncios